Home  /  Todos os Produtos . e-mail marketing  / Automação de email marketing: dicas que um profissional de marketing deve saber

Automação de marketing por e-mail: dicas que um profissional de marketing deve saber

Qualquer profissional de marketing sabe a importância de manter a comunicação com os clientes. Deve ser um processo contínuo para clientes potenciais e existentes. O manuseio manual das tarefas pode ser demorado. 

Porém, a automação mudou o cenário para os profissionais de marketing. Trouxe eficiência a processos que de outra forma levariam muito tempo. 

Depois que as equipes fizerem upload da lista de e-mail, elas poderão agendar a frequência com que sairão. Chega de definir lembretes para concluir essas tarefas. 

E a automação permite um melhor direcionamento e agilização das campanhas de email marketing. Mas o truque para aproveitar os benefícios da automação começa em saber como fazê-la bem. Compartilharemos dicas e truques que os profissionais de marketing devem saber.  

Automação de e-mail marketing: o que é

A premissa básica do marketing por email é enviar mensagens direcionadas aos assinantes. Existem muitas formas de comunicação que você pode usar. Isso inclui boletins informativos, ofertas de produtos ou serviços ou informações sobre a empresa. Além disso, você pode usar serviço de telefone comercial ou sistemas telefônicos em nuvem.

Antes da automação, a equipe teria que sentar e desenvolver uma lista. Eles teriam que desempenhar um papel ativo para garantir que cada pessoa recebesse a comunicação. Mas com a automação, o software assume essas tarefas.  

Digamos que você gerencie uma associação. É importante manter os membros atualizados sobre tudo o que está acontecendo. Usando software de gerenciamento de associação tornará o processo mais rápido e suave. Há muitos benefícios em usar essas inovações.

  • O software permite a centralização dos dados dos membros. Qualquer pessoa da equipe de marketing pode obter acesso rápido sempre que precisar. 
  • O software de gerenciamento de associação funciona em sites móveis, tablets ou na web. Permite acesso remoto sempre que a equipe precisar entrar em contato com os membros
  • Disponibilidade de ferramentas que aumentam o envolvimento e a conexão entre membros e administradores
  • As equipes têm acesso a um conjunto abrangente de ferramentas para gerenciamento de tarefas
  • Os membros podem usar o portal dedicado para um melhor envolvimento
  • O envio de e-mails em massa ou boletins informativos é fácil com o sistema de transmissão integrado. 

A automação também pode ajudar a equipe a personalizar sua comunicação. Veja o exemplo da chegada de novos membros. É importante enviar-lhes mensagens de boas-vindas. 

Porém, pode ser fácil ignorar esta etapa importante devido à pressão do trabalho. Com o software certo, as equipes podem agendar e-mails de boas-vindas automatizados.  

Escolher a automação certa é fundamental para o sucesso de suas campanhas de email. Determine quais são suas necessidades antes de tomar uma decisão final. 

Dicas e truques para marketing automatizado por e-mail

Observe as dicas e truques a seguir para marketing automatizado por e-mail.  

1. Entenda onde o marketing por email funciona melhor

Email Marketing trata de engajamento contínuo. O resultado direto é um melhor relacionamento com os clientes, o que aumenta as chances de conversões. 

Existem diferentes cenários onde funcionará melhor. Esses incluem:-

  •  E-mails de boas-vindas para novos assinantes. É uma oportunidade fantástica de falar mais sobre seus produtos, serviços e marca. A mensagem deve fornecer ao cliente todas as informações necessárias. Isso tornará sua interação com a empresa muito melhor. E por favor, não esqueça de mencionar porque você é uma opção melhor que os concorrentes. 
  • E-mails de carrinhos abandonados lembre os clientes de concluir as compras. Inclua dicas sutis para fazer com que o cliente tome a atitude certa. Poderia ser fornecendo mais informações. Você também pode fazer com que eles se envolvam fazendo perguntas importantes sobre a compra fracassada. 
Fonte: shopify.com
  • Reconquiste e-mails para despertar novamente o interesse dos clientes que parecem estar caindo. Agora é um bom momento para oferecer alguns incentivos. 
  • Fluxos do pôr do sol na verdade, incentive os clientes a cancelar a assinatura. Neste ponto você está se perguntando: por que um profissional de marketing faria isso? Bem, qual é o sentido de manter um lead frio em sua lista de e-mail? Veja isso como se você estivesse livrando seu armário de roupas que você não usa mais para criar espaço para outras roupas. E os provedores de e-mail perceberão quando seus e-mails para membros inativos começarem a ir para pastas de spam ou lixo eletrônico. As penalidades incluem a inclusão na lista negra, algo que você não pode pagar.
  • E-mails de marco para lembrar as ocasiões especiais do cliente. 

2. A segmentação da lista de e-mail é crítica

Sua lista de e-mail inclui diferentes indivíduos com diferentes necessidades e interesses. Você não pode agrupá-los todos em um pacote e tratá-los da mesma forma.

Imagine enviar informações sobre os pais para uma Geração Z. Eles não têm interesse em tais informações. Enquanto você marca a comunicação por e-mail enviada, você conseguiu alguma coisa? 

É por isso que uma das primeiras regras do marketing 101 é entender seu público. Permite segmentá-los em diferentes grupos, dependendo de critérios específicos. 

As taxas de abertura para mensagens direcionadas são altas porque você fornece informações relevantes.  

3. Personalize seus e-mails automatizados

Reserve um tempo para pensar sobre o conteúdo que entra em seu e-mails automatizados. Pode ter um grande impacto no tipo de experiência que as pessoas têm.  

É mais provável que um cliente leia um e-mail que você endereçou especificamente a ele. Isso significa que o jeito caro senhor/senhora de fazer as coisas acabou. 

Fonte: hubspot.com

Com a automação, você não precisa digitar cada nome e endereço individual. O software seleciona os detalhes da lista e personaliza cada e-mail.  

Você não se sente aquecido por dentro quando recebe uma mensagem de boas-vindas após se inscrever em uma plataforma? Que tal uma mensagem de aniversário ou aniversário especial. Essa comunicação é bastante padronizada, permitindo o desenvolvimento de um template. 

O mesmo se aplica a promoções ou eventos especiais. Tudo o que a equipe precisa fazer é ajustar as informações, dependendo do que está acontecendo.  

4. A acessibilidade entre plataformas e dispositivos é obrigatória

Ao escolher sua automação, opte apenas por aquelas que permitem acessibilidade entre plataformas e dispositivos. Isso significa que você pode usá-lo em diferentes navegadores, sistemas operacionais e dispositivos. 

A experiência deverá ser a mesma em todos os lugares, sem necessidade de ajustes nas configurações. Imagine que os clientes só possam abrir seus e-mails em um dispositivo desktop. Isso significa que você perde mais do que 55% do tráfego da Internet que vem de dispositivos móveis.  

5. Dê algum controle aos assinantes

A equipe de marketing coletará leads como prática padrão. Mas nem todos nessa lista estão interessados ​​no que você tem a oferecer. Bombardear esse público com e-mails pode sair pela culatra para você.  

Como já dissemos, eles poderiam enviar e-mails para spam ou lixo eletrônico. Você também não quer ser incômodo. Quem sabe, em um dia ruim, eles poderiam deixar uma crítica negativa sobre o quão agressivo você é. Portanto, dar aos clientes um pouco de controle inclui: -

  • Oferecendo uma opção fácil de cancelamento. Saber o motivo pelo qual eles querem sair é ótimo. Mas não atribua sua saída à resposta a questionários extensos. 
  • Permitindo que os clientes escolham suas preferências. Podem, por exemplo, estar interessados ​​apenas em informações específicas.  
  • Enviar fluxos do pôr do sol para incentivá-los a realizar algum tipo de ação, incluindo sair
  • Obtenha feedback sobre o tipo de informação que eles gostariam de receber. Ele fornece detalhes excelentes que podem ajudar na segmentação adequada. Além disso, esses insights ajudarão na customização ou personalização da comunicação.  

6. Pense no meio de comunicação

Muitas pessoas adoram conteúdo de vídeo porque é fácil de consumir. Os profissionais de marketing gravitam em torno disso porque aumenta o engajamento e a interação. Mas, no caso de e-mail marketing, você pode querer voltar ao conteúdo escrito. 

Seja preciso e trabalhe na comunicação, usando poucas palavras. Certifique-se de que o conteúdo possa ser escaneado e que os pontos importantes apareçam à primeira vista. Sim, isso significa incluir alguns subtítulos e marcadores. 

Ninguém quer assistir a um vídeo de cinco minutos quando pode digitalizar o e-mail em menos de um minuto. Você deveria eliminar completamente o vídeo? A resposta é não. Mas pense em colocar um link em vez de incorporar um vídeo. O destinatário pode escolher se quer assistir ou não.  

7. Forneça estímulos sutis para que os destinatários abram os e-mails

Conforme afirmado, colocar o nome de um cliente no e-mail aumenta as chances de o destinatário abri-lo. 

Mas existem outras maneiras de melhorar o engajamento. Isso inclui a oferta de incentivos como descontos, ofertas exclusivas e cupons. 

Outra forma é criar um senso de urgência com ofertas por tempo limitado. O truque é torná-los raros para que os clientes tenham algo pelo qual ansiar.  

E não podemos ignorar o papel crítico dos apelos à ação (CTA). Os profissionais de marketing devem dedicar algum tempo para aprender como escrever um CTA poderoso. E isso não é tudo, até mesmo o posicionamento no e-mail é importante. 

É interessante notar que alguns verbos de ação podem funcionar contra você. Palavras como baixar, entrar e enviar podem parecer agressivas. Eles criam a impressão de que você deseja que o comprador trabalhe ou desista de sua energia ou tempo. 

Personalize o CTA com palavras que se dirijam diretamente ao cliente. Isso inclui eu, eu, eu e meu. Na verdade, a psicologia de escrever um CTA merece um tópico totalmente diferente.  

8. Consistência e tempo são fundamentais

Se você entender bem o público-alvo, poderá ter uma ideia de quando é provável que ele abra e-mails. Digamos que seus clientes sejam mães que ficam em casa. A manhã pode não ser o melhor horário porque eles estão tentando começar o dia. 

Depois que as crianças vão para a escola, elas podem tirar um minuto para relaxar. Tomando uma xícara de café, eles podem estar abertos à leitura de e-mails. Portanto, planejar das 10h ao meio-dia seria uma boa ideia. 

Acertar o momento certo é fundamental se você espera atingir altas taxas de abertura. Esteja pronto para uma rodada de testes em momentos diferentes para ver qual funciona bem para você.  

Seguir as programações de e-mail permitirá que os assinantes saibam quando esperar os e-mails. A beleza é que a automação permite agendar envios sem precisar do seu envolvimento.  

9. Analise suas campanhas automatizadas de email marketing

Você só poderá saber o sucesso de suas campanhas de e-mail se acompanhar os resultados. Comece com benchmarks ou KPIs, contra os quais você medirá o desempenho. Isso inclui taxas de entrega, taxas de abertura e taxas de cliques. Porém, o melhor indicador de sucesso são taxas de conversão mais altas.  

Considerações Finais 

Automatizar campanhas de marketing por e-mail traz muitos benefícios. Há alta eficiência, agilização de fluxos de trabalho e maior produtividade. Escolher a automação certa é fundamental, dependendo de suas necessidades. 

Desenvolva uma lista de e-mail adequada e lembre-se de segmentá-la. Isso permite uma segmentação adequada, resultando em taxas de abertura mais altas. E-mails personalizados, sejam consistentes e garantam o tempo adequado.  

Não bombardeie os destinatários com toneladas de e-mails. Caso contrário, você irá parar nas pastas de spam. Permita que os clientes escolham se desejam receber os e-mails ou não. 

Por fim, não se esqueça de analisar desempenho. É a única maneira de saber o que está funcionando ou não.